Um fim de semana na Escócia: Parte I – Edimburgo

Hey, pessoal. Sentiram nossa falta?! =/

A semana passada foi bem corrida por aqui. Muito trabalho e planos para as próximas viagens, já que nosso visto termina em outubro e ainda não sabemos se conseguiremos voltar para cá depois. Por isso, temos que aproveitar ao máximo cada minuto.

Estivemos ausentes por esses motivos, mas agora que já está tudo planejado e organizado (logo teremos várias viagens para registrar por aqui) podemos voltar a nos dedicar a vocês. =)

Esse fim de semana estivemos na Escócia. Voltamos ontem e temos muitas coisas pra compartilhar aqui e para deixá-los com vontade de conhecer esse país maravilhoooso. Para começar, vou falar sobre Edimburgo (ou “Edimbrᔝ, como eles pronunciam “Edinburgh”) e sobre a viagem de ida para lá.

Indo de ônibus para a Escócia

Já falamos várias vezes sobre como somos adeptos das estradas para viagens curtinhas (esse e esse post são bons exemplos). Para mim, dá para curtir as paisagens e conhecer melhor os lugares do que quando vamos de avião e, ainda por cima, muitas vezes sai mais barato.

Dessa vez, pegamos um ônibus na estação de Hatton Cross e enfrentamos nove horas de chão até capital da Escócia (tá bom, admito, a viagem não era tão curtinha, mas valeu a pena!).

Como viajamos à  noite, não vimos muita coisa na estrada, mas quando já estávamos quase chegando eu consegui abrir os olhos por alguns instantes e vi que a paisagem era magnífica. Sério, o sol estava nascendo e a vista da janela do ônibus era demais. Umas montanhas daquelas de filme. Pena que esses instantes duraram pouco, porque eu realmente não consigo ficar acordada por muito tempo quando estou dentro de ônibus, avião, trem, etc. =/

Chegando lá, conhecemos nosso guia (fomos como convidados em um tour da Uk Study, assim como fomos pra Paris), um escocês chamado Reynold, que sabia muuuuuito de história, cultura da Escócia e que fez nosso fim de semana mais agradável! =)

Nossa primeira parada foi o o castelo de Edimburgo, mas ao longo da caminhada entre a estação de ônibus e o Castelo ele foi mostrando alguns dos pontos turísticos da cidade e contando curiosidades. Tudo de uma maneira muito divertida e cheia de informações interessantes.

Uma das primeiras imagens que vimos em Edimburgo foi a mais característica possível: um músico tocando gaita de fole e vestindo kilt*

Uma das primeiras imagens que vimos em Edimburgo foi a mais característica possível: um músico tocando gaita de fole e vestindo kilt*

*kilt é uma vestimenta utilizada pelos escoceses (homens) há milhaaares de anos. O Reynold explicou que a origem do kilt não é muito clara, mas que bem provavelmente ele começou a ser utilizado para facilitar a locomoção pelos planaltos escoceses (montanhosos, úmidos e cheios de riachos), já que de calças seria mais difícil percorrer esses trajetos, e também servia como cobertor – já que na época eles não começavam na cintura, mas no peito!

O Scott Monument foi erguido em homenagem ao escritor escocês Walter Scott, famoso por ser um dos criadores do romance histórico, um tipo de romance que mistura ficção e história. Confesso que fiquei admirada (POSITIVAMENTE) pela importância que os escoceses dão a um escritor. Bonito de se ver!

O Scott Monument foi erguido em homenagem ao escritor escocês Walter Scott, famoso por ser um dos criadores do romance histórico, um tipo de romance que mistura ficção e história. Confesso que fiquei admirada (POSITIVAMENTE) pela importância que os escoceses dão a um escritor. Bonito de se ver!

*Quer saber mais sobre o Scott Monument? Clique aqui. Sobre Walter Scott? Aqui.

Conhecendo Edimburgo a pé

Fomos até o castelo, demos uma circulada pela região e achamos que o investimento de £14  por cabeça para visitar o interior dele não valia a pena – o Reynold tinha falado que era legal, mas que não era imperdível. Como tínhamos apenas aquele dia na cidade, resolvemos seguir a pé para explorá-la.

PARÊNTESES: Hoje, porém, analisando a situação acho que devíamos ter entrado no Castelo. Ou seja, #ficadica: pense duas vezes antes de “economizar” algumas librinhas (ou eurinhos, reaizinhos…) e deixar de visitar uma atração com tanta história. :)

E Edimbrá é linda!!! Não é como qualquer cidade turística, cheia de coisas para visitar, mas tem uma beleza medieval que me encantou. Neste fim de semana estava rolando o Fringe (festival de arte da cidade) e a gente ainda pôde presenciar algumas apresentações bacanas. Vimos vários músicos com suas gaitas de fole, alguns “artistas” fazendo uns tipos de arte meio esquisita (veja a foto!!) para ganhar uns trocados e muitos “personagens” teatrais nos convidaram para ver suas peças.

Liberdade nobre? Com certeza! E os escoceses sabem muito bem disso. Já viu o filme Braveheart (Coração Valente)? Conta um pouco da história do país e faz com que essa frase, registrada em uma viela da cidade, faça todo o sentido.

Liberdade nobre? Com certeza! E os escoceses sabem muito bem disso. Já viu o filme Braveheart (Coração Valente)? Conta um pouco da história do país e faz com que essa frase, registrada em uma viela da cidade, faça todo o sentido.

Fringe

apresentaçãozinha particular. Bom demais!

apresentaçãozinha particular. Bom demais!

você entende? eu juro que não!

você entende? eu juro que não!

Mas o mais bacana veio no fim da nossa caminhada pelo centro…

Depois de observarmos tudo o que havia ao nosso redor avistamos uma colina que parecia trazer uma visão belíssima da cidade. Fomos até lá e descobrimos que estávamos aos pés do St. John’s Hill, uma montanha beeem alta e que tem uma trilha que leva ao topo.

Pegamos a trilha e subimos, subimos, subimos até chegar a uma altura que consideramos ideal – já que não tínhamos tempo e (eu) fôlego para continuar subindo! :)

Mas o ponto em que chegamos foi suficiente para nos fazer querer passar um tempão lá. Foram uns bons 40 minutos de uma boa conversa, muitos planos sendo traçados e admirando uma vista que para sempre ficará na nossa lembrança…

a subida não é das mais fáceis...

a subida não é das mais fáceis…

vista-hill2

A MELHOR parte de Edimburgo: a vista do St. John Hill. Vale muito a pena a caminhadinha!

A MELHOR parte de Edimburgo: a vista do St. John Hill. Vale muito a pena a caminhadinha!

O Reynold também tinha nos recomendado uma subida ao Calton Hill (esse sim famosos, clique aqui e confira) e foi o que fizemos no fim do nosso dia em Edimburgo. E, mais uma vez, foi sensacional. Mesmo com o frio, deu para curtir bastante a vista incrível da cidade.

No topo do Calton Hill a versão escocesa do Partenon de Atenas. :)

No topo do Calton Hill a versão escocesa do Partenon de Atenas. :)

breathtaking

breathtaking

Ou seja, Edimburgo é um luar muito legal para quem gosta de passeios para apreciar um lugar. É uma fuga das grandes metrópoles e dos principais pontos turísticos do mundo. Vale a visita, mas achamos que um dia é bom para curtir bem tudo. Gaste a sola do calçado andandoooo. Não tem por que pegar ônibus por lá. Caminhe e aprecie tudo de lindo que essa cidade tem a mostrar. ;)

Não pudemos conhecer a noite da cidade pois nosso hostel ficava em Stirling, uma cidade próxima a Edimburgo e sobre a qual falaremos aqui logo logo! ;)

Para terminar, mais algumas fotos para deixá-lo com vontade de conhecer essa cidade lindona. =)

êdimbrá

êdimbrá

 

Depois de que descemos do St. John's Hill, passamos de novo por esse parque onde várias crianças se divertiam muito naquela mini-piscina ali no meio. A cena era tão bonita que deu até vontade de ser criança pra se jogar ali - e olha que tava frio. :)

Depois de que descemos do St. John’s Hill, passamos de novo por esse parque onde várias crianças se divertiam muito naquela mini-piscina ali no meio. A cena era tão bonita que deu até vontade de ser criança pra se jogar ali – e olha que tava frio. :)

não é só em Londres que o povo curte lagartear nos gramados dos parques.

não é só em Londres que o povo curte lagartear nos gramados dos parques.

E aí, curtiu? :)

Beijos e até o próximo post,

Nah.

 

Dê vida ao Pra Ver em Londres. Comente!

Pin It

20 thoughts on “Um fim de semana na Escócia: Parte I – Edimburgo

    • Que bom que gostou, Marina! =)

      Obrigada pelo elogio. Estivemos meio ausentes, maaaas tudo vai voltar ao normal – I hope so. hehee

      Beijos

  1. Pingback: Tweets that mention Um fim de semana na Escócia: Parte I – Edimburgo | Pra ver em Londres -- Topsy.com

  2. Deu saúdades dos Posts =/
    Deve ter sido uma viagem mais que muito massa *-*
    vocês estão aproveitando mesmo, heim?
    Post muito bem ilustrado, e muito escrito, parabéns!!!

    • Bom saber que você sentiu nossa falta, Murilo! hehehe
      Obrigada por seeempre nos acompanhar, viu?! =)

      POis é, estamos aproveitandoooo. Muuuito!!! hehehe

      Obrigada pelos elogios. ;)

      Beijos,
      Nah.

  3. Muito show este post. Visito vocês quase todo dia e confesso que o blog anima qualquer um com essas viagens… parabéns e continuem viajando…

  4. Naaah, fiquei com saudadeees!!! hehehe
    Fico feliz que tem mais posts vindo por ai e que vcs em viajens planejadas!

    Nada como um passeio com uma bela vista! Enfim, adorei as fotos e todas as paisagens!!

    bjoss

    • Eeee, que bom que ficou com saudades, amiga. hehehe
      Siiiiim, estamos nos organizando para conseguir fazer tuuudo ao mesmo tempo. hahaha

      Que bom que gostou dessa viagem! Loooooogo tem mais! ;)

      Beeeijos

  5. Olá meus queridos!

    Fico feliz que aproveitaram a viagem pra Escócia!

    É muito lindo mesmo por lá e só uma dica pra quem vai ficar mais de 1 dia em Edimburgo – vale a pena sim pagar as 14 libras pra entrar no castelo da cidade, pois tem muitas coisas interessantes relacionadas com a história dos escoceses lá dentro e é super grande tb, então é bom ir com tempo…

    Até a próxima viagem!

    Abraços,

    Luciano
    UKstudy

  6. Aê Natasha e João… ótimo post!
    Realmente Edimburgo é muito bom… e tenho certeza que deve ter sido mais proveitoso tendo um guia, como vcs tiveram, pq do jeito que eu fui, na raça é meio complicado, mas mesmo assim valeu muito a pena!
    Ah, eu também não animei de pagar uma grana para entrar no castelo… até pq tinha uma puuuuuuta fila!
    E eu fui no Wisky Experience que tem logo ali na saída/entrada do castelo… legal para conhecer um pouco mais sobre a bebida, mas nada de demais!
    Sexta-feira tô partindo pra Amsterdam de busão… vou tentar ficar no hostel que vocês indicaram, mas eles não reservam, né? Vou ver lá na hora!
    Continuem sempre escrevendo que eu vou acompanhando… rs!

  7. Pingback: A linda e pitoresca Bath | Pra ver em Londres

  8. Pingback: Visitar uma vez só ou várias?! #1tanto1nada #BlogagemColetiva | Pra ver em LONDRES

  9. Pingback: Visitar uma vez só ou várias?! #1tanto1nada #BlogagemColetiva | Pra Ver Em Londres

    • Oi, Flavio! Tudo bem?

      Que bom que gostou do post. Fico feliz em saber. :)

      Os valores variam dependendo da data, do horário… de um monte de coisas que a gente nem sabe explicar. hahaha
      Mas você pode fazer uma simulação dos seus planos de viagem e ver quanto sairá por aqui, ó: http://www.nationalexpress.com/home.aspx

      ;)

      Qualquer coisa grita.

      Natasha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>